diferenças entre depurador e coifa diferenças entre depurador e coifa

Descubra a diferença entre depurador e coifa de uma vez por todas

4 minutos para ler

Não há nada mais inconveniente que gordura impregnada por toda a cozinha: paredes, móveis e até o teto podem ficar com a aparência suja, além de ser pouco higiênico se estiverem gordurosos depois da preparação de frituras e grelhados.

É importante ter uma solução que resolva esse problema, e entender a diferença entre depurador e coifa é o primeiro passo para solucionar essa questão. Os equipamentos diferem-se, principalmente, por três características: operacionalidade, potência e custo.

E, apesar de muito úteis, eles têm vantagens e desvantagens na instalação. Quer descobrir a diferença entre depurador e coifa? Acompanhe agora nossas explicações!

Modo de funcionamento: quais as diferenças entre depurador e coifa?

Veja como ocorre o funcionamento do depurador e da coifa a seguir.

Depurador de ar

O depurador, como o próprio nome sugere, realiza o processo de filtragem do ar em duas etapas, a primeira por meio de um filtro de alumínio ou inox e a segunda a partir do carvão ativado. Depois, ele devolve o ar ao ambiente. É como se o equipamento reciclasse o ar gorduroso, para torná-lo puro novamente.

Sua potência é inferior ao da coifa, portanto, sua eficácia na filtragem de gordura e eliminação de odores também é menor. Além disso, não é sempre que o depurador elimina o ar quente do local, pois durante a filtragem o ar pode ou não retornar na temperatura ambiente.

Coifa

Já a coifa é mais eficiente, uma vez que suga e elimina, por meio do processo de exaustão, todo o ar resultante do cozimento dos alimentos. Dessa forma, o ar da cozinha é substituído e não renovado.

Apesar disso, a coifa também pode funcionar como depurador, pois todas elas integram essa função. Basta instalar um filtro de alumínio com carvão ativado no equipamento.

Quais as outras diferenças entre o depurador de ar e a coifa?

Devido a simplicidade do processo de funcionamento, o depurador é a opção mais em conta e indicada para cozinhas pequenas e apartamentos.

Além disso, diferentemente da coifa em modo de exaustão, o uso do depurador não exige a abertura de um buraco na parede ou no teto para passar o duto exaustor, por onde o ar gorduroso é eliminado.

Contudo, o depurador tem as suas desvantagens:

  • exige manutenção constante, com a troca periódica dos filtros de inox e de carvão;
  • dificuldade de limpeza, pois demanda a retirada de algumas estruturas internas;
  • é menos eficiente que a coifa.

Já a coifa é mais eficiente, porém mais cara (o que, a logo prazo, é compensado por dispensar a troca do carvão). Além disso, já que o ar circula livremente pelo duto exaustor, ela provoca menos ruídos.

Como não exige manutenção constante, apenas a limpeza periódica para eliminar o excesso de gordura, a coifa também é uma opção mais prática.

Afinal, qual é o melhor, depurador de ar ou coifa?

A escolha entre o depurador de ar e a coifa depende da demanda da casa. Se o fogão é usado com muita frequência, principalmente para a cocção de carnes e para fazer frituras, é melhor optar pela coifa no modo exaustor.

Mesmo que o investimento seja um pouco maior, a praticidade e eficiência compensam a diferença.

Mas se você faz poucas refeições em casa ou tem uma cozinha pequena, o depurador pode atender bem a sua demanda, além de ser de fácil instalação.

Seja qual for a sua escolha, depurador ou coifa, o mais importante é escolher um fogão que estenda essa praticidade no processo de limpeza, pois ninguém quer passar horas limpando gordura na cozinha não é?

Quer saber como evitar o cheiro de fumaça na cozinha? Veja outro artigo interessante que selecionamos para você!

Posts relacionados

Deixe um comentário