5 truques de decoração de cozinha pequena para otimizar o espaço

7 minutos para ler
CTA Magister

Não importa se a sua cozinha não conta com medidas generosas. Vamos mostrar como é possível aproveitar cada área de forma inteligente e melhorar a aparência de todo o recinto. Venha conferir!

Um projeto de qualidade deve deixar os ambientes mais bonitos e, ao mesmo tempo, funcionais. Esse cuidado é importante em qualquer reforma ou mudança de estilo, principalmente quando o objetivo é otimizar o espaço e tirar proveito de cada centímetro disponível. Você saberia dizer, por exemplo, como trabalhar a decoração de cozinha pequena para deixar esse cantinho ainda melhor?

Para a composição, além de escolher elementos que tenham uma boa estética, é preciso adotar soluções que tornem os espaços confortáveis e adequados às necessidades dos usuários. Que tal começar? Acompanhe os próximos tópicos e veja como fazer isso da melhor maneira!

1. Priorizar cores claras nos acabamentos

Uma intervenção na cozinha pode ter várias finalidades: substituir revestimentos antigos, alterar a pintura das paredes, incluir um item de mobiliário específico, entre outras possibilidades. Se o objetivo envolver a mudança de cores, é interessante que você sempre priorize opções claras e suaves.

Tons como branco, creme, bege e as versões pastel são as mais indicadas para lugares compactos. Isso porque refletem melhor a luz que chega ao recinto, fazendo com que se espalhe sobre as superfícies e gere sensação de amplitude. Em outras palavras, dão a impressão de que o ambiente é maior.

Para potencializar esse resultado, procure aplicar cores claras em grandes áreas, como paredes, pisos e forros. Essas nuances podem aparecer tanto na forma de tinta quanto nas peças de cerâmicas, ladrilhos, pastilhas e outros revestimentos que você queira instalar no local.

2. Caprichar na iluminação natural e artificial

A luz complementa o primeiro truque de decoração de cozinha pequena. Afinal, quanto mais iluminado estiver um ambiente, mais amplo ele parecerá para quem o observa. Sabendo disso, é importante que você se preocupe tanto com a iluminação natural quanto com os recursos empregados na iluminação artificial.

Durante o dia, aproveite ao máximo as aberturas existentes, a fim de clarear o interior da cozinha. Se houver janelas, cubra-as com cortinas leves e de cores claras para não bloquear a entrada do sol. A vantagem é que você também pode aproveitar a oferta de luz natural para cultivar temperos e hortaliças em vasinhos.

Já a luz artificial deve ser abundante e eficiente. Dê preferência às lâmpadas que emitam luz branca fria — perfeita para exercer atividades que exigem atenção, como preparar alimentos, manipular panelas etc. Se achar que a luminária central é insuficiente, aposte nos spots embutidos em pontos estratégicos do forro.

2. Aproveitar as paredes de maneira inteligente

Muitas pessoas não se dão conta de como as superfícies verticais podem ser úteis em uma cozinha pequena. Ao deixar boa parte dos aparelhos e utensílios elevados, é possível eliminar o volume de objetos mantidos sobre o piso, móveis e eletrodomésticos. Quer truque melhor que esse para liberar espaço?

Há várias maneiras de aproveitar as paredes:

  • instalar ganchos para pendurar panos de prato, canecas, frigideiras e peças menores;
  • colocar prateleiras que possam oferecer apoio para louças, eletroportáteis, travessas etc.;
  • fixar nichos de diversos tamanhos para abrigar taças, garrafas e até objetos decorativos.

Para quem deseja ter plantas ornamentais grandes, uma ideia criativa é investir em suportes pendentes. Eles ficam presos ao teto e podem ser mantidos em diferentes alturas, conforme a necessidade. Ficam lindos porque agregam volume à parte superior da cozinha.

CTA Supreme Glass

3. Usar móveis e eletrodomésticos funcionais

Talvez o problema da falta de espaço esteja no uso de peças inadequadas às dimensões do cômodo. Nesse caso, a dica é compor a decoração de cozinha pequena com móveis e eletrodomésticos funcionais. Às vezes, a troca de um único modelo já é suficiente para ganhar área útil e eliminar o excesso de volume.

Em vez de manter um fogão grande com forno, por exemplo, você tem a opção de comprar um cooktop e instalá-lo sobre um balcão planejado. As ilhas ou bancadas também ajudam a compor um layout inteligente — sem contar que, para muitas famílias, podem substituir completamente a mesa de jantar.

Vale a pena explorar os produtos disponíveis no mercado. Dependendo da necessidade, você também consegue encontrar móveis dobráveis, versões multiúso, itens com sistemas que permitem regular o tamanho (medidas de altura, largura etc.) e outras soluções práticas.

4. Montar novos nichos e compartimentos

Um problema comum em ambientes compactos é a falta de lugar para armazenar pertences e objetos pequenos. No caso das cozinhas, é preciso pensar em formas de organizar potes com mantimentos, vidros de temperos, materiais de apoio (sacolas, papel-alumínio etc.) e outros recursos.

Para isso, você pode incluir novas divisórias em armários aéreos ou dentro do balcão ou bancada. Muitas vezes, essas peças vêm com separações insuficientes e pouco funcionais. Portanto, avalie tudo o que você tem para armazenar na cozinha e adapte a configuração dos móveis.

Sobre as prateleiras e nichos que citamos, você pode dispor caixas organizadoras com etiquetas indicando o que cada uma tem dentro. Vale, ainda, investir em organizadores de gaveta que permitam criar pequenas divisões dentro dos compartimentos — multiplicando, assim, os vazios disponíveis para acomodar utensílios.

5. Manter os ambientes integrados

Um truque perfeito para otimizar espaço em qualquer residência é integrar ambientes distintos. A solução reduz barreiras físicas e mantém a continuidade visual, fazendo com que tudo pareça amplo e arejado. No caso de uma cozinha, a integração precisa ser feita com o cômodo mais próximo, que pode ser a sala de estar, de jantar ou até mesmo um hall de entrada.

Diferentemente das outras dicas, essa ideia precisa passar pela avaliação de um arquiteto ou engenheiro. Um profissional estará apto a determinar se a parede que separa os recintos pode ser removida sem comprometer a estrutura da casa e a segurança dos moradores.

Se a proposta for viável, vale a pena eliminar a divisória e unir os ambientes. Com um conceito aberto, sua cozinha ficará mais espaçosa e visualmente interessante. No futuro, caso queira delimitar áreas, basta colocar um biombo, painel vazado ou até mesmo uma estante entre os cômodos.

E aí, já conhecia algum desses truques? Procure aplicá-los juntos para ter melhores resultados na decoração de cozinha pequena. No dia a dia, quando o ambiente já estiver otimizado, evite manter muitos acessórios à vista para não prejudicar o efeito de amplitude, deixando o local sempre convidativo para amigos e familiares.

Quer continuar acessando nossos conteúdos para conferir dicas práticas? Então, aproveite e assine a nossa newsletter agora mesmo!

Confira 3 dicas para ganhar mais espaço na sua cozinha!

CTA Dako Supreme
Posts relacionados

2 thoughts on “5 truques de decoração de cozinha pequena para otimizar o espaço

Deixe um comentário