tipos de panelas tipos de panelas

Conheça 10 tipos de panelas e sua função

5 minutos para ler

Talvez você nunca tenha parado para pensar sobre a importância de conhecer os vários tipos de panelas e suas devidas aplicações, que visam agilizar a preparação dos alimentos e aumentar a praticidade na cozinha.

São panelas de pedra, barro, cerâmica ou inox, por exemplo, que podem ser decisivas para garantir o sabor de uma comida caseira. Por acaso você já viu uma tradicional moqueca em uma panela que não seja a de barro?

Por esse motivo, listamos os tipos de panelas mais usadas para que você se familiarize com essas diferenças, tenha mais segurança em sua rotina e transforme a preparação de alimentos em verdadeiras experiências gastronômicas. Confira!

1. Alumínio

São os tipos de panelas mais tradicionais, entretanto, aos poucos foram substituídas em função do desprendimento de resíduos de alumínio nos alimentos, principalmente os de cocção longa. Apesar disso, o calor é bem distribuído, independentemente da temperatura a que a panela é submetida.

2. Alumínio antiaderente

Uma versão mais evoluída dos tipos tradicionais de alumínio puro, as panelas antiaderente evitam que os alimentos grudem durante o preparo, são fáceis de lavar e, em algumas versões, até dispensam o uso de óleos ou azeite na cocção dos alimentos. Não são tipos de panelas indicadas para cozimentos longos, como caldos e doces.

3. Aço inox

São resistentes, duráveis e de fácil limpeza. As panelas de aço inox são boas para cozimentos rápidos e longos. Algumas versões têm fundo duplo ou triplo e são os tipos de panelas indicados para o uso em cooktops de indução.

4. Esmaltada/cerâmica

Além de serem lindas para a decoração da cozinha, as panelas esmaltadas são atóxicas, ou seja, não liberam resíduos ou impedem a proliferação de bactérias.

5. Cobre

Os tachos de cobre eram usados tradicionalmente para o preparo de doces, devido ao tempo de cocção longo das receitas, que exigem altíssima temperatura e aquecimento rápido. Entretanto, teve o seu uso proibido no Brasil, sendo comercializada para preparo de alimentos apenas com revestimento em aço inoxidável.

6. Pedra-sabão

Esse tipo de panela libera cálcio e magnésio, o que ajudam na nutrição das pessoas. Apesar disso, demora para esquentar ou esfriar e demandam uma limpeza mais cuidadosa devido à porosidade das peças. Por isso, deve ser usada somente para o preparo de um tipo de alimento, como o feijão.

7. Barro

As panelas de barro dão um charme a mais à cozinha, mantêm os alimentos aquecidos por mais tempo e conferem um sabor especial às comidas caseiras. Devido a sua rugosidade, devem ser limpas com cuidado, principalmente para evitar as quedas que as danificam permanentemente.

8. Ferro fundido

São panelas que aquecem muito e distribuem bem o calor por toda a sua superfície. Também liberam ferro, o que torna os alimentos mais nutritivos.

9. Vidro

Panelas de vidro são atóxicas, mas não têm boa distribuição do calor, são pesadas e pouco práticas.

10. Titânio

São panelas extremamente resistentes, não oferecem risco de contaminação e ainda são antiaderentes. Aquecem e distribuem bem o calor e, por isso, são indicadas para frituras e grelhados.

Você pode utilizar quase todos os tipos de panelas em seus fogões, contanto que elas estejam de acordo com o manual de instrução do eletrodoméstico. O tamanho das panelas também importa: as convencionais com fundo plano devem ter diâmetro mínimo de 14 cm, por exemplo.

A Dako não recomenda o uso de panelas de pedra e barro em fogões com mesa de vidro, uma vez que o aquecimento desses tipos de panela pode retornar para o vidro e comprometer a integridade da peça.

Ademais, o peso suportado pela mesa de vidro é igual à soma dos pesos aplicados individualmente nas trempes. Logo, para as trempes pequenas o peso máximo é de 10kg, para as bocas grandes o peso suportado é de 13kg e para queimadores do tipo tripla-chama, o peso máximo recomendado é de 14,3kg.

Lembre-se que não é possível concentrar a soma do peso suportado por todas as bocas em apenas uma das bocas. Por isso, antes de comprar um modelo de fogão ou o conjunto de panelas de sua preferência, confira todos esses requisitos de segurança (peso da panela versus peso suportado pelas trempes) para garantir que o peso total (que inclui o volume dos alimentos) não prejudique a performance e a confiabilidade do seu fogão.

Agora que você conhece esses tipos de panela, assine nossa newsletter e confira quais os fogões mais indicados para a sua necessidade e a da sua família!

Posts relacionados

Deixe um comentário