fogão quebrado fogão quebrado

Quer saber o que fazer com um fogão quebrado? Confira nossas dicas!

5 minutos para ler
CTA Magister

Diante de um fogão quebrado, vem a dúvida: arrumar ou comprar um novo? Vamos contar se chegou a hora de trocar esse importante eletrodoméstico!

Quando algum eletrodoméstico dá pane no meio de um dia turbulento, sentimos muitas emoções negativas, não é mesmo? Raiva, ansiedade, estresse e a impressão de que tudo vai dar errado. Entretanto, nessas circunstâncias, devemos nos concentrar nas soluções. Imagine, por exemplo, um fogão quebrado.

Precisamos comer todos os dias, e esse defeito pode trazer grandes transtornos, ainda mais se o tempo estiver corrido. Mas, depois desse transtorno, precisamos decidir se vamos acionar a assistência técnica ou então comprar um fogão novo. Por isso que é importante escolher boas marcas. Quer saber o que fazer com seu fogão quebrado? Então, confira este post!

Verifique se o reparo é viável

Primeiramente, saiba se o conserto é mesmo possível. No caso de um incêndio ou curto-circuito, as peças podem ficar tão comprometidas, a ponto de não haver meios técnicos para fazer qualquer manutenção.

Além disso, para alguns modelos mais antigos, faltam componentes de reposição no mercado. Isso dificulta bastante realização dos reparos.

De qualquer forma, limpar o fogão corretamente ajuda na sua conservação e no prolongamento de sua vida útil. Por esse motivo, antes de o fogão quebrar, é sempre bom ter uma agenda de limpeza.

Não precisa ser todos os dias, mas pelo menos uma vez por semana. Assim, pegue esponjas não abrasivas e use detergente neutro para remover a sujeira, principalmente a gordura.

Já as saídas de gás das bocas do fogão necessitam de uma limpeza com agulha específica, mas que é bem baratinha e fácil de encontrar. Com esses cuidados, você evitará estragos.

CTA Supreme Glass

Mais um conselho: não deixe de ler o manual do produto! Nele, o fabricante expõe condições imprescindíveis sobre o uso do eletrodoméstico. São dados que influenciam diretamente na durabilidade do fogão.

Confira se o equipamento ainda está na garantia

Se o fogão quebrado for novo, confira se ele ainda não está na garantia. Para confirmar, leia a nota fiscal com as informações sobre o produto. Existem três tipos de garantia

  • garantia legal: dá 90 dias para o consumidor reclamar de defeitos em produtos como eletrodomésticos;
  • garantia contratual: é um documento do fabricante ou fornecedor, não obrigatório. Essa garantia começa a contar a partir da emissão da nota fiscal, nas condições oferecidas pelos lojistas;
  • garantia estendida: uma espécie de seguro firmado na hora da venda. Os clientes não precisam aderir, mas muitos nem se lembram que fizeram essa opção. Diante disso, confira se seu fogão quebrado não está em alguma garantia estendida.

Compare o preço do conserto do fogão quebrado com o de um novo

Não é raro acontecer de, simplesmente, o conserto ser mais caro do que o valor de um novo produto. Quando isso se concretiza mesmo, é hora de trocar o fogão.

Portanto, se os reparos custarem mais do que 50% de um equipamento novinho, prefira comprar um modelo mais moderno. Não faltam opções para achar fogão na promoção pela internet. Assim, você evita as aglomerações nas lojas físicas e ainda encontra preços atraentes.

Saiba quais peças deixam o fogão quebrado com mais frequência

Conhecer as partes do fogão é essencial para usufruir de sua capacidade máxima e ainda evitar danos. Por isso, mencionamos há pouco sobre a importância de ler o manual. No dia a dia, a forma de colocar as panelas, de lidar com o forno e de limpar influenciam na vida útil.

Sobre esse tema, separamos algumas dicas. Observe!

  • tampo de vidro: ele pode trincar se for fechado com o fogão ainda quente. Assim, é fundamental controlar a temperatura e esperar que a superfície esfrie;
  • bocas: as bocas do fogão, quando estão sujas, obstruem a passagem do gás. Com o passar do tempo, isso pode afetar os acendedores, os botões ou outra peça do sistema;
  • botões do forno: geralmente, os acendedores do forno levam até 10 segundos para ligar. Desse modo, o usuário deve segurar o botão durante esse tempo até as chamas saírem. Se o dispositivo do forno não ligar, aguarde um minuto para tentar de novo. Esses procedimentos são necessários por questões de segurança. Quando insistimos em acender o forno várias vezes sem dar esse intervalo, o botão pode acabar danificado.

Portanto, muita coisa pode ser feita para evitar o problema do fogão quebrado. Ou seja, a higienização e o uso correto praticamente anulam a necessidade de consertos por muitos anos.

Isso, é claro, se o fogão escolhido for de boa qualidade! Gostou do artigo? Deixe seu comentário!

CTA Dako Supreme
Posts relacionados

Deixe um comentário