Confira 10 dicas de segurança na cozinha para evitar acidentes

6 minutos para ler
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Para manter a segurança na cozinha é preciso ter alguns cuidados. Confira 10 deles com as dicas que preparamos neste post!

Quem pensa que o conforto do lar é sinônimo garantido de proteção, deve reconsiderar que acidentes domésticos são sempre possíveis. Quando o assunto é segurança na cozinha, a atenção deve ser redobrada. Esse ambiente da casa é um potencial espaço para diversos imprevistos perigosos — incêndios, queimaduras, cortes, tombos…

Se a sua preocupação é essa, você chegou no post certo. Aqui, vamos listar as principais dicas de segurança na cozinha, de forma que você possa aproveitar melhor o cômodo da casa sem colocar em risco o bem-estar e a integridade da sua família. Vamos conferir?

1. Tenha cuidado com as trempes de ferro fundido e grelhas do forno

Das cozinhas industriais para os fogões domésticos, as trempes de ferro fundido são a melhor opção para preparar receitas que necessitam de alta temperatura. Por conservarem o calor por mais tempo, essas peças são muito eficientes e mantêm as panelas aquecidas. Contudo, é importante ter um cuidado especial no seu manuseio justamente por isso: o material demora a esfriar e pode causar sérias queimaduras.

2. Não jogue os alimentos no óleo quente

O mesmo vale para o uso de óleo ao fritar alimentos. Dependendo da forma como você os joga na panela, os respingos vão queimar a sua pele. Por isso, conte com o auxílio de uma escumadeira e coloque o que vai ser fritado o mais próximo possível do produto quente. Além de proteger o corpo, você também evita sujeira: o óleo não vai espirrar no fogão, nem no chão ou na sua roupa — no último caso, para se prevenir, use um avental.

3. Mantenha os cabos das panelas para dentro do fogão

Nunca é demais ressaltar: coloque os cabos das panelas direcionados para o centro do seu fogão. Por mais atentos que sejamos, sempre pode ocorrer de esbarrarmos o braço nas extremidades, derrubando tudo no chão. Nesse sentido, além de desperdiçar a comida preparada e perder todo o trabalho, você ainda vai se machucar com o alimento quente.

4. Não coloque objetos metálicos no micro-ondas

O micro-ondas é uma das maiores facilidades dos tempos modernos. Contudo, não podemos deixar de tomar certos cuidados com o seu uso. O maior deles é nunca colocar objetos metálicos dentro do eletrodoméstico. O motivo é simples: as ondas de calor provocam faíscas que, além de danificar o aparelho, podem iniciar um incêndio.

5. Utilize luvas térmicas

Para não se queimar com as trempes de ferro fundido, com a fritura ou até mesmo com o alimento aquecido pelo micro-ondas, as luvas térmicas são as suas maiores aliadas. E não adianta dizer que um pano de prato dobrado serve. Ele não está devidamente protegido para impedir a condução de calor entre as panelas, tigelas e refratários e a sua mão — especialmente se estiver úmido ou molhado. As luvas também dão mais firmeza, evitando que você derrube tudo, além de se queimar.

6. Não manuseie facas sem corte

Engana-se quem pensa que os utensílios afiados são mais perigosos. Na verdade, as facas com o corte cego são as maiores vilãs nesse quesito, por causa da força que você tem que fazer para que elas realmente cortem o alimento.

Quando você for picar ou descascar alimentos, utilize sempre lâminas bem afiadas, para que a tarefa não exija força desnecessária. Em todo caso, o ideal também é dobrar os dedos para que eles fiquem distantes o suficiente do fio de corte, e contar com uma tábua ou bancada apropriada para a atividade.

7. Deixe panos e toalhas longe do gás e eletrodomésticos

Para não causar nenhum incêndio na cozinha, também é essencial manter os panos de prato e outros tipos de toalhas longe do fogão, do botijão de gás e de eletrodomésticos que emitem calor, como fritadeiras, sanduicheiras, cafeteiras e torradeiras. Isso porque o tecido vai contribuir para que o fogo se alastre muito mais rapidamente.

8. Use corretamente a panela de pressão

Um dos maiores medos de quem cozinha está relacionado ao manuseio da panela de pressão. Apesar de bastante eficiente no cozimento rápido de alimentos, ela é uma verdadeira bomba-relógio quando não utilizada corretamente.

As explosões fazem um estrago considerável no fogão e em tudo à sua volta. Portanto, é importante acrescentar o mínimo necessário de água para que o interior da panela não seque completamente durante o cozimento.

Por outro lado, não se pode encher demais seu conteúdo, pois o líquido pode transbordar ao ferver — o que entope a válvula de segurança. Além do mais, essa válvula deve estar sempre limpa para que o vapor saia livremente.

9. Prefira tapetes antiderrapantes para evitar quedas

Para manter o chão limpo e a cozinha em ordem, muitas pessoas adotam o tapete como acessório de proteção. No entanto, é fundamental saber escolher o item, para que ele não se torne um risco de quedas. O tapete, nesse caso, deve ir além do seu aspecto decorativo e colaborar para a segurança na cozinha: deve ser antiderrapante e, de preferência, antibacteriano, a fim de conservar a boa higienização do espaço.

10. Mantenha a cozinha segura para crianças

Se a casa tem crianças, além das dicas anteriores, mais algumas medidas devem ser tomadas.

O Departamento Científico de Segurança da Criança e do Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), por exemplo, listou algumas delas para que a segurança na cozinha aconteça da melhor forma:

  • deixar o botijão de gás do lado de fora da cozinha;
  • proteger as tomadas elétricas;
  • manter os fios dos eletrodomésticos presos e recolhidos;
  • deixar os materiais de limpeza em embalagens originais e em armários altos e trancados;
  • utilizar as trempes traseiras do fogão para frituras;
  • deixar os objetos cortantes e pontiagudos longe do alcance das crianças;
  • colocar travas em gavetas, portas e demais aberturas de armários.

Para manter a segurança na cozinha, é preciso colocar essas dicas em prática com o máximo de atenção. Dessa forma, evitam-se incêndios e outros acidentes.

Esperamos que todas essas sugestões sejam valiosas para o seu dia a dia. Aliás, você não acha que mais pessoas deveriam saber como ter segurança na cozinha? Compartilhe este post nas suas redes sociais e espalhe a informação!

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×