7 formas de economizar água no seu dia a dia!

6 minutos para ler

Sustentabilidade é um assunto que te preocupa? Então aprenda aqui a poupar um dos recursos naturais mais preciosos!

A economia de água é um assunto muito discutido nos últimos anos. Com as mudanças climáticas, é possível haver estiagem até em lugares com chuvas regulares. Isso torna difícil o abastecimento das reservas. Mas a forma como consumimos esse bem é relevante nesse assunto.

O Brasil tem a sorte de contar com abundância em volume de água, portanto muitas pessoas gastam de forma exagerada. Essa atitude também é prejudicial para o bolso, já que a conta pode aumentar — especialmente nas épocas em que as chuvas são mais espaçadas e no verão, quando o gasto é maior.

Mas há algumas maneiras de economizar água. São hábitos a serem aprendidos, e que fazem muita diferença para repensar o consumo consciente e poupar um dinheirinho todo mês.

Selecionamos neste artigo as principais dicas para economizar água. Acompanhe a leitura!

1. Reutilize a água da lavagem de roupa

Algo que poucos reparam no processo da máquina de lavar é a hora do enxágue. Aprender a reconhecer quando a sua máquina faz o enxágue é importante. É essa água, cheia de sabão, que você pode reutilizar na sua casa. Basta colocar a mangueira da máquina em um tanque próximo ou em baldes.

Procure usar essa água o mais breve possível, para que não fique parada por mais de um dia ou dois. De preferência, use um barril com tampa ou cubra os baldes com pedaços de tecido de mosquiteiro ou similar, para evitar o aedes aegypti.

Use a água para faxinar a casa, diluindo nela produtos de limpeza. Também pode ser usada para lavar carros, motos, bicicletas, portões, calçadas e áreas externas em geral.

2. Evite usar a mangueira

A mangueira não tem a mesma quantidade de consumo do que um balde. Enquanto o balde é a medida certa para limpar, a mangueira acaba gastando mais água do que o necessário.

Para regar plantas, compre um regador. Além de dosar melhor a quantidade de água por planta, essa atitude é ótima para o seu bolso. Em banhos de cães, também procure encher baldes. Essa pode ser uma forma de despejar com mais delicadeza a água na pele do animal, pois a mangueira costuma ter um jato forte.

3. Reduza seu tempo no banho

Banhos gastam um volume ainda maior de água. No inverno, as contas aumentam pois há 2 faturas que se somam: a de água e a de energia (com banhos quentes). No verão, as pessoas podem preferir tomar mais de um banho ao longo do dia.

Evite ficar mais de 5 minutos embaixo d’água. Além de ser uma forma de economizar, é também uma questão de saúde da pele. Em especial no inverno, pois a água quente tende a provocar ressecamentos.

4. Use água da chuva

Se você tiver plantas em casa, deixe que elas tomem água da chuva sempre que possível. Ela é mais rica para as plantas do que a água da torneira, que contém cloro.

Caso não tenha disponível água da máquina de lavar, como citamos acima, é possível encher baldes com água da chuva para esse fim ou também para usar na limpeza de casa e de automóveis. O ideal é começar a coletar alguns minutos depois do início da chuva, para pegar águas mais limpas.

Mas tenha cuidado: não deixe água acumulada nos vasos das plantas, a fim de prevenir o mosquito aedes aegypti. Assim que for retirar os vasos da chuva, aproveite para limpar e secar os pratos com pano de chão.

5. Use a caixa d’água com responsabilidade

Não é indicado deixar água parada por muito tempo na caixa d’água, mesmo quando ela está fechada e limpa. Mas também não é ideal usar toda a água da caixa, para não ficar sem reserva quando faltar fornecimento da companhia regional.

Tire alguns dias para usar a água da caixa nas suas atividades diárias até esvaziá-la. Aproveite e faça uma limpeza na caixa. O ideal é que ela esteja sempre bem fechada, para a segurança da sua família.

Depois disso, deixe que ela encha inteira novamente e volte a usar a água da torneira no seu dia a dia. Você pode aplicar essa dica ao menos uma vez a cada 15 dias. Dependendo do tamanho do recipiente e do consumo da casa, é possível economizar água da companhia por 2 ou 3 dias.

6. Mantenha as torneiras fechadas

Ao lavar louça, escovar os dentes ou lavar pequenas peças de roupa ou sapatos à mão, certifique-se de manter a torneira fechada. Abra apenas quando for preciso — geralmente em enxágue ou para adicionar mais sabão.

A torneira aberta nesses casos é um desperdício de água sem necessidade. Você não utiliza a maioria do volume que é está sendo liberado. Se esse hábito for diário, seu bolso sofrerá todos os meses ao ver a fatura, e o meio ambiente também paga o preço.

Na hora de fechar as torneiras, tenha a atenção de não deixá-las pingando. Caso a sua torneira continue gotejando depois de fechá-la até o fim, busque um encanador com urgência.

7. Substitua as descargas

Uma caixa de descarga pode liberar 6, 10 ou até mais litros — dependendo do modelo. Já há no mercado as descargas duplas. Elas liberam volume de água suficiente para cada tipo de necessidade fisiológica, separadamente.

Nesses modelos, o volume de água não passa muito de 6 litros com a descarga pesada, e é ainda menos na mais leve. Mesmo que você fique o dia todo sem abrir torneiras, não podemos evitar usar o banheiro com frequência. Portanto, mudar para modelos econômicos de descarga fará uma grande diferença na sua conta.

Gostou das nossas dicas? Adote cada uma delas o mais rápido possível e repasse o ensinamento a todos os membros da sua família. Assim, todo mundo colabora para poupar o meio ambiente e economizar água e dinheiro.

E que tal receber nossas novidades no seu e-mail? Assine a newsletter e acompanhe cada conteúdo!

Você também pode gostar

2 thoughts on “7 formas de economizar água no seu dia a dia!

Deixe uma resposta

-